quinta-feira, agosto 17, 2006

Igreja de Nossa Senhora da Boa Nova da Reboleira



Site da Igreja

http://www.paroquia-reboleira.pt/

A paróquia da Reboleira

O “bairro” da Reboleira (Cidade Jardim) nasceu em 1959, devido a ter sido posto em prática neste ano um plano de urbanização para o local, num terreno anteriormente de nítido carácter rural.
A primeira celebração regular realizada no “bairro” foi uma eucaristia presidida pelo PADRE MANUEL VITORINO FERNANDES, no espaço onde seria depois o Restaurante Costureirinha, na rua Correia Teles, mais propriamente numa cave ao fundo da praceta Francisco Lázaro, em 24 de Novembro de 1968, integrada na grande missão da Paróquia da Amadora, que então decorria. Como consequência disto iria ser criada uma capela no lote 4, cave, da Rua D. Dinis, sobre o varandim que dá para a praceta Félix Corrêa, sendo nomeado como respectivo capelão o PADRE FRANCISCO BARRONA.
Por altura de 1972, devido ao impasse criado com a saída desse sacerdote, o culto na Capela da Reboleira ficaria assegurado pelos padres dehonianos da Alfragide.
Em princípios de 1974 deu-se a criação do VICARIATO PAROQUIAL, com sede ainda na referida capela, sendo instituído vigário o PADRE JOAQUIM TELES SAMPAIO, que se manteve no cargo até finais de 1976, altura em que a assistência do vicariato foi suprida pelo pároco de Amadora de então, o PADRE LUÍS MARIA MAURÍCIO.
Em Abril de 1977 tomou posse como novo vigário o redentorista PADRE JOSÉ PAULOS FERNANDES, que começou, de modo firme, a providenciar os movimentos atinentes à construção da futura igreja paroquial.
Entretanto, no ano de 1981, foi instalada na Reboleira a freguesia civil.
Pelos finais de 1986 o anterior vigário cedeu o lugar ao também redentorista PADRE LUCÍLIO NEVES GALVÃO, sob quem se procedeu à bênção da primeira pedra do novo templo (20 de Março de 1988) e à inauguração do mesmo, em 5 de Novembro de 1989. Pelo meio termo, em 6 de Julho deste mesmo ano, tinha sido criada a quase-paróquia de NOSSA SENHORA DA BOA NOVA, a qual seria erecta em paróquia aquando da referida inauguração.
No mês de Setembro de 1990 tomou posse como novo pároco da Reboleira o PADRE ANTÓNIO DE CARVALHO TEIXEIRA, ainda redentorista, que aqui permaneceria até Setembro de 1996, tempo durante o qual se procedeu à primeira ampliação da igreja paroquial, com vários anexos.
Voltou então o Padre Lucílio Galvão a paroquiar a Igreja da Reboleira, ultimando durante o período em que se manteve no cargo o que faltava para a execução do projecto de construção previsto.
Em 21 de Setembro de 2003 o PADRE MANUEL NAIA DA SILVA, do clero patriarcal, teve a sua tomada de posse como pároco da Reboleira. Além da cura das almas este sacerdote continuou as obras de melhoria do nosso templo, tendo tanto as anteriormente programadas, como as que têm vindo a mostrar como mais necessárias.
Manuel C. C. Lima

1 Comments:

Anonymous Mic said...

Boas men, vou te enviar o site actualizadissimo da igreja
http://www.paroquia-reboleira.pt

Quando tiveres tempo altera
Abraços

Michel

18 de dezembro de 2007 às 17:59  

Enviar um comentário

<< Home

online